Divulgação “A Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ) divulgou a criação do Conselho Nacional de Crianças e Jovens (CNCJ) – iniciativa cofinanciada pelo PO ISE, através de um processo de candidaturas, promovendo assim o direito à participação, plasmado no artigo 12º da Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC). O processo de candidaturas, que decorre desde 20 de novembro até 20 de janeiro de 2020, corresponde à construção de um conselho permanente de consulta, denominado Conselho Nacional de Crianças e Jovens (CNCJ), cuja ação deverá ter impacto nas políticas públicas e transformação social. Este programa é dirigido a todas as crianças e jovens residentes em território nacional (regiões do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Região Autónoma dos Açores e Região Autónoma da Madeira) com idades compreendidas entre os 8 e 17 anos. O CNCJ pretende dar voz às experiências, preocupações, necessidades e expectativas das crianças e jovens e desempenhará um papel importante no estabelecimento de pontes com as suas comunidades locais. Os seus principais objetivos são: • Promover o acesso a crianças e jovens a novos espaços de participação social e política; • Desenvolver nas crianças e jovens competências comunicacionais, de relacionamento interpessoal e de reflexão crítica; • Proporcionar o diálogo entre as crianças e jovens e decisores políticos; • Formar e sensibilizar os/as participantes relativamente às temáticas tratadas na CNPDPCJ, nomeadamente os Direitos da Criança; • Promover o intercâmbio de experiências entre as crianças e jovens de diversos pontos do país.” (Informação enviada por Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens)

Categorias: Notícias