Informação

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), iniciou uma campanha de sensibilização sobre o percevejo asiático.

Introduzido acidentalmente nos continentes americano e europeu (Suíça em 2004), conta já com 22 países invadidos. “Apesar das populações estabelecidas mais próximas estarem na Catalunha (Espanha) desde 2016, no início de 2019, o inseto foi intercetado na região de Pombal, em equipamento agrícola importado de Itália (Fonte: DGAV), país europeu onde se estão a verificar mais prejuízos económicos.” Este “inseto picador-sugador, uma praga capaz de se alimentar em mais de 300 espécies de plantas”, pode acarretar prejuízos para a agricultura pois “(…) durante o período de atividade em que se alimenta (de abril a novembro) inviabiliza comercialmente os produtos agrícolas (provocando cicatrizes, depressões, descolorações, deformações e/ou queda). As perdas a este nível podem chegar a 90% de produção, em culturas agrícolas como o tomate, milho, pera, uva e laranja”.

Pode saber mais em http://noticias.uc.pt/universo-uc/investigadores-da-fctuc-realizam-campanha-de-sensibilizacao-sobre-praga-do-percevejo-asiatico/?fbclid=IwAR1yQlVOiP5z1RR639fLDQSW_-zYmWFdfhoo8KXLWSqkpFeshM-NBI4dZQU

Categorias: Notícias