Os eleitores que, devido à Covi-19, estejam em confinamento obrigatório, no domicílio ou noutro local definido ou autorizado pelas autoridades de saúde que não em estabelecimento hospitalar, e desde que se encontrem recenseados no concelho da morada do local de confinamento ou em concelho limítrofe, podem votar antecipadamente:

  • Devendo manifestar essa intenção à administração eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, em https://www.votoantecipado.mai.gov.pt/, entre 14 e 17 de janeiro;
  • Efetuando o seu pedido, entre 14 e 17 de janeiro, na freguesia correspondente à morada do recenseamento por quem, mediante exibição de procuração simples, acompanhada de cópia do documento de identificação civil do requerente, represente o eleitor.

Nos dias 19 e 20 de janeiro, em dia e hora previamente comunicados, o presidente da câmara ou quem o represente vai ao local onde está confinado recolher o seu voto.

Categorias: Notícias